Salvador abaixo de zero

R$20,00

de Herculano Neto

REF: 978-85-89655-92-7 Categorias: ,

Descrição

Há um velho palhaço pançudo que circula pela praça do Campo Grande, muito bem caracterizado, vendendo brinquedos baratos, mas com um ar de enfado terrível. Volta e meia para num ou noutro poste e acende um cigarro. Um palhaço velho, cansado, fumando e vendendo brinquedos numa das mais importantes e populares praças da Bahia. Esse palhaço, que não sei se ainda vive nesse exato momento, representa muito bem uma cidade grande mutilada por seus governantes e pelo descaso com a cultura e a educação de nossas décadas. Esse palhaço é atual. Visão cruel, impiedosa, de algo originariamente engraçado.
O novo livro de Herculano Neto, “Salvador abaixo de zero”, é esse palhaço, é essa cidade atual. É essa Bahia sem abadá, a pele de ébano que é a alma nua do baiano do bairro da Liberdade (cidade média, diria Herculano): é essa alegria trágica e essa piada sem graça. Herculano, em seu pequeno volume de contos curtos, é um ficcionista com mão suja de papel de jornal o mais barato. Seu livro, deliberadamente pulp, é marcado por uma deliciosa linguagem jornalística, ágil, fluente, e cada um dos pequenos textos parece uma notícia. E uma notícia chocante, sobretudo quando não choca.
(Matéria publicada no jornal A TARDE em novembro de 2012, pelo poeta e crítico de literatura Henrique Wagner)
Na Coleção Cartas Bahianas, os autores participantes representam uma turma de escritores do cenário baiano, muitos reconhecidos em blogs e prêmios literários, que ganharam espaço para publicação editorial. Nas páginas dos livros, que lembram o formato de um envelope, os temas retratados são livres e pessoais. Valem contos, prosas e poesias.

Formato: 10×19 cm
Páginas: 48
ISBN: 978-85-89655-92-7
Peso: 55 gr
Ano: 2012
Preço: R$ 20,00

 

Informação adicional

Peso 0.055 kg
Dimensões 0.5 × 10 × 19 cm

Avaliações

Não há avaliações ainda.

Seja o primeiro a avaliar “Salvador abaixo de zero”

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *